|||| Injustiças + Injustiças + Injustiças = Concursos de Professores (impostos pelo M.E!)

Injustiças + Injustiças + Injustiças = Concursos de Professores (impostos pelo M.E!)

2017-02-10
Injustiças + Injustiças + Injustiças = Concursos de Professores (impostos pelo M.E!)
 

A LEI É PARA CUMPRIR

A FNE não prescinde do reconhecimento, em lei, do direito de todos os docentes contratados a vincularem na sequência de três contratações sucessivas.

Por isso, a Portaria de vinculação extraordinária é injusta; por isso a “norma-travão” continua a ser injusta. Em ambos os casos, também não se cumpre a lei, nem se respeitam os direitos dos professores.

O DIREITO À VINCULAÇÃO NA SEQUÊNCIA DE TRÊS CONTRATAÇÕES SUCESSIVAS É PARA SER RESPEITADO!

A JUSTIÇA É PARA APLICAR

A FNE não concorda com a distinção entre Docentes dos Quadros de Agrupamento/Escolas não Agrupadas e Docentes dos Quadros de Zona Pedagógica, e portanto discorda das prioridades que o ME lhes atribui na nova legislação.

A LISTA GRADUADA DE TODOS OS DOCENTES DEVE SER A BASE DE TODOS OS CONCURSOS!

A FNE não concorda com um sistema educativo que continua a basear-se na precariedade, porque os quadros não estão dimensionados para as necessidades reais e permanentes das escolas.

É preciso garantir condições para aproximação à residência e estabilidade na vida das pessoas.

OS QUADROS DAS ESCOLAS DEVEM RESPONDER ÀS SUAS NECESSIDADES PERMANENTES!

A GRADUAÇÃO PROFISSIONAL TEM DE SER O ÚNICO CRITÉRIO PARA COLOCAÇÃO

A FNE não aceita que não se respeitem princípios de igualdade no acesso ao emprego público, o que é pervertido pela determinação de inúteis critérios de prioridades entre candidatos.

O único critério de seriação dos candidatos tem de ser a graduação profissional.

A FNE VAI QUERER JUSTIÇA

A FNE vai intervir através do Provedor de Justiça, dos Grupos Parlamentares e dos Tribunais.

A FNE EXIGE MAIS MUDANÇAS

Para termos melhores concursos de professores, o ME tem de ouvir os professores, para intervir:

  • na dimensão geográfica dos Quadros de Zona Pedagógica;
  • na dimensão dos agrupamentos, subdividindo os maiores;
  • na dotação dos quadros de agrupamentos de escola/escolas não agrupadas;
  • na revisão dos Grupos de Recrutamento.

PRECAREDADE NÃO!
JUSTIÇA SIM!
RESPEITO PELOS DOCENTES!

 

DOWNLOAD DO FOLHETO INFORMATIVO A5 [PDF]





Voltar

|||| Destaques

Jan 2019

Mais benefícios na saúde

Ler Mais
Ler Mais
FNE Online

Edição do jornal online FNE está disponível para consulta

Ler Mais
Negociação Formação Saúde Informação Social Cultural Jurídico